Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

26/09/2013

BAIXA: Publicidade sem licença na Rua da Prata

Exemplo de dispositivos de publicidade ilegais na Rua da Prata, nº

10 comentários:

Anónimo disse...

O sr. Allen vai decerto mandar dizer que ficou encantado e desejoso de que arranjem o dinheiro para vir cá filmar por aquelas bandas.

Anónimo disse...

A UNESCO vai já apressar a classificação para Património Mundial!

JJ disse...

É assim tão grande a vossa satisfação de postar e a seguir comentar anonimamente com insultos mais baixos como se isso enganasse alguém?

Xico205 disse...

JJ, não percas tempo a levá-los a serio. É um bando de idiotas sem estratégia e desocupados. A democracia serve para isto mesmo, para os idiotas postarem idiotices e para as pessoas mal informadas votarem e depois porem-se a culpar os politicos do mau estado do país.

Anónimo disse...

Sr. Xico e JJ, pior ainda é achar os outros idiotas desocupados mas passar a vida a lê-los e a comentá-los.

Anónimo disse...

Pintem a rua de azul, sempre fica mais agradável.

José disse...

É isso mesmo xico, acabou de fazer uma descrição perfeita da sua própria pessoa, basta olhar para a sua imagem de perfil.

Anónimo disse...

Exactamente anónimo anterior.
Basta clicar no nome do "sr" xico, e ver as preferência cinematográficas desta amostra....

Anónimo disse...

JJ é nome de alguém? E qual o número de contribuinte, a morada?

Se há coisa que me dana é anónimos virem armados em não anónimos.

JJ disse...

Vamos lá deixar coisas claras: provavelmente gosto tanto de Lisboa como as pessoas responsáveis por este blogue. É recomendável que a democracia seja participativa e não viva do silêncio e ignorância generalizadas. Assim se constroem os países e as sociedades. Mas não podemos cair no ridículo. Não podemos cair na explicação barata e facilista, não podemos cair na demagogia e ceder à tentação da baixeza, da má-língua por si só, da facilidade argumentativa dos argumentos absolutos e dos dogmas de pacotilha. É reflexo de um país de costas voltadas em que as opiniões são rejeitadas por ambas as partes por um orgulho destrutivo, que só diz respeito a quem o pratica e cujo fruto é uma ignorância ainda maior. Melhores cumprimentos.