Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

18/09/2013

Recordar é viver


No ano passado, a CML deu os trâmites por concluídos no Terreiro do Paço, abatendo os últimos candeeiros antigos da praça (foto: FJ), e prosseguindo, orgulhosa, no seu projecto de iluminação pública da responsabilidade da ex-Frente Tejo, que se traduziu na colocação de periscópios bordejando a praça e leds (pirilampos) no chão, entretanto já removidos, aliás. E pronto, como não há nenhuma praça histórica europeia com candeeiros modernaços em vez de antigos ou réplicas de antigos (basta ir aos Aliados e ao ... Rossio e à Praça do Município), assim já podemos dizer que temos uma que dá cartas no mundo da Monocle ;-)

12 comentários:

Anónimo disse...

Ah, mas há por lá pessoal a fazer skate mesmo junto às arcadas do lado poente, onde numa porta está escrito "Governo de Portugal" e onde se localizam vários equipamentos supostamente de qualidade, e logo ali perto uma esplanada. Que maravilha para a Monocle.

Anónimo disse...

"E pronto, como não há nenhuma praça histórica europeia com candeeiros modernaços em vez de antigos ou réplicas de antigos (basta ir aos Aliados e ao ... Rossio e à Praça do Município), assim já podemos dizer que temos uma que dá cartas no mundo da Monocle ;-)"

Touché!

Anónimo disse...

Giro! ver os "camones" a passearem com intuição de ver coisas antigas noutro pais e ver coisas fabricadas no seu pais! mais valia ficar em casa! arquitetos de facebook

José disse...

Juntem a intervanção no Miradouro ao pé do Museu da Farmácia.
Sim, aquele que foi "remodelado" à pouco tempo; o mesmo que já está num estado pior do que o antigo, ou seja, um antro!
Garrafas e papeis por todo o lado, a pedra que foi colocada já esta toda suja (então a calçada é que era a culpada?), grafites, relva amarela....
As obras de pseudo-design que andaram a fazer e que lembram tudo menos o típico logradouro de Lisboa; com os seus candeeiros típicos, calçada e bancos de madeira... serviram para quê?

Era uma vez Lisboa disse...

Não se esqueçam da Rua Cor de rosa em plena Baixa Pombalina.
Parece que quem a projectou fez vez uma visita a Havana! Ou terá sido La Boca??
Queres ver que não foi nenhuma das referidas e o "artista" foi mesmo buscar a sua "revelação" naquele Complexo Urbanístico na zona j em chelas do grande "iluminado" traveira???

José Rosas disse...

"Giro! ver os "camones" a passearem com intuição de ver coisas antigas noutro pais e ver coisas fabricadas no seu pais! mais valia ficar em casa! arquitetos de facebook! mais valia ficar em casa! arquitetos de facebook"


Tem razão!
O próximo passo será destruir tudo o que é antigo e tudo o que tenha influência de outros locais.

Começamos por Avenidas!
Que tal começarmos pela Avenida da Liberdade?

Próximo passo? Os edifícios.
Vai tudo a baixo!
Edifícios de determinado estilo e época; palácios,palacetes..

Acabamos nos monumentos! Que tal?

Como o iluminado disse:
"Queremos ver $coisas$ $fabricadas$ $no$ $seu$ $pais!$"

Lol. Mesmo que sejam das coisas mais feias que existem e de aspecto suburbano!

Enfim, o zé dos subúrbios e a ignorância no seu melhor!

O mundo acabou e eu não fui avisado...

Anónimo disse...

Coitado do arquiteto zé rosinhas ficou afetado moralmente! Não seria fabricado no país, pois por sua persona ser ignorante, as proprias colunas que lá estavam encontram se no deposito de alcantara prontas para ser restauradas! certamente gostaria de ver num jardim de sua casa ... olhe leve os periscopios! cumprimentos arquiteto dos bloggers

A.lourenço disse...

Completamente de acordo

Anónimo disse...

Como pode o anónimo das 5:06 ser tão ignorante...
O que o Zé rosinhas defende é precisamente a preservação dos candeeiros antigos!
Largue as NO e vá fazer o básico juntamente com as criancinhas!

Anónimo disse...

Zé dos subúrbios quer ir a Londres ver o Big Ben... foi substituido por um relogio digital japones! quer ir ver a torre eiffel... foi substituida por uma parabolica alema! ... etc lol

Anónimo disse...

Anónimo "circunscrito" das 2:20:

Mas em Londres e Paris substituíram os monumentos?

Lol, pois é...

Aqui nos subúrbios nem adaptam os candeeiros, aqui vai tudo!

Suburbano...

José disse...

De facto é "obra" comparar o relógio do Big Ben com os candeeiros do Terreiro.

Quanto à torre Eiffel ter sido substituída por uma parabólica alemã, simplesmente abstenho-me de comentar.

Quando acabar a tolice e quiser fazer comparações justas compare os candeeiros que estão nas praças principais dessas mesmas cidades com os que estão na nossa, garanto-lhe que não vai encontrar nenhuma semelhança!