...

...

21/12/2014

O interior do Jardim de Santos serve já como parque de esatcionamento nocturno


Enquanto as autoridades no seu eterna sonolência fingem que decidem, enquanto a opinião pública finge que é muito cidadã, enquanto as hordas invadirem o centro histórcio no seu gáudio selvagem e inconsequente, enquanto as polícias tratarem a calamidade da noite de Lisboa como se fosse um epifenómeno, enquanto a CML promover, aplaudir, vender de forma leviana e lesiva dos interesses da cidade e dos residentes, esta noite degradante, enquanto a esmagadora maioria dos sues frequentadores actuarem impunemente, vandalizando o património, destruindo propriedade privada, perturbarem de forma continuada a ordem pública, este tipo de atitudes que a imagem mostra será cada vez mais frequentes.

Jardim de Santos, carros estacionados nos caminhos de acesso ao jardim, nos canteiros, por todo o lado. Os grupos arredaram monolitos quadrados para poderem ter mais espaço de estacionamento, para poderem fazer dos seus carros bares ambulantes. À noite tudo vale, menos o bom-senso e o respeito. Lisboa vai de mal a pior, dizer o contrário é querer enganar o próximo.

9 comentários:

Anónimo disse...

Ainda gostava de saber como arredaram os pedregulhos que a nossa querida cml lá tinha amorosamente colocado. Por sinal, de uma pedra de má qualidade: já estão todos mascarrados (além de arredados de onde foram postos, claro). E o parque de estacionamento subterrâneo que levou imenso tempo a esburacar ali tão perto...

Anónimo disse...

Adenda ao comentário anterior:

Na noite de 20 para 21, já passava da uma da manhã, duas sonoríssimas bombas de pirotecnia foram ouvidas na zona, com um intervalo de minutos, cujo estrondo acordou quem a essa hora conseguia dormir, apesar da balbúrdia reinante para os lados do jardim e tudo à volta.

Não era passagem de ano, nem se festejavam os santos populares, nem era dia de qualquer festa conhecida, nem se celebrava nenhuma vitória de um qualquer clube de futebol...

Presentemente, cada um faz o que lhe dá na real gana e os idosos, os doentes, as crianças, os vulgares cidadãos que trabalham e têm de levantar-se cedo durante a semana e pretendem descansar durante o fim de semana que se lixem.

Anónimo disse...

Meu Deus, onde nós chegámos!! Tudo a enviar mails para a policia municipal!!

Anónimo disse...

O Jardim de Santos deve ser cercado por um gradeamento, como por exemplo o Jardim da Estrela, e ser encerrado durante a noite.

Pinto Soares

Anónimo disse...

Sorte teve o autor da foto em não ter levado uma facada! A essas horas já devia estar na cama!

Depois do rapazinho que morreu à uns meses, na Baixa (ao tentar proteger a namorada), um outro pobre coitado teve o mesmo triste fim:

http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1329491

Cuidado Sr.Miguel! Cuidado!!

Anónimo disse...

Uma rectificação ao meu comentário efectuado à 1:01:

Obviamente que o link do artigo que disponibilizei(e que data de 2009) não é o que pretendia colocar.

O artigo que pretendia colocar é este:

http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/portugal/detalhe/dois_detidos_por_esfaquearem_tres_homens_no_cais_do_sodre.html

Anónimo disse...

E agora não é só ao fim-de-semana (que começa nas quintas-feiras à noite...)

Passei pelo interior do jardim em certo dia da semana que passou (salvo erro na 4ª de manhã, de certeza absoluta a um dia que NÃO ERA nem 6ª nem sábado nem domingo de manhã) e o estado do jardim era absolutamente lastimoso...

Anónimo disse...

As policias estão mais preocupadas em multar ambulâncias em situações de emergência do que carros que destroem o patrimonio.

Anónimo disse...

E por falar em jardins, a partir do minuto 9:50, um recado para o Zé e companhia..

http://carmoeatrindade.blogspot.pt/2014/12/em-entrevista-com-raimundo-quintal_14.html