...

...

01/12/2014

IMPÉRIO DOS CARROS: Largo do Mitelo
















Largo do Mitelo, refém de um modelo obsoleto de mobilidade urbana há demasiadas décadas. Aquilo que poderia ser um bela praça, largo de uso pedonal está reduzida a uma micro placa central, qual ilha rodeada de um muro-barreira de estacionamento! Para quando um Largo do Mitelo para TODOS os munícipes e não apenas para aqueles que possuem carro?

1 comentário:

Anónimo disse...

Então se não é para estacionar o que quer fazer com aquele pedaço de asfalto? Esplanadinhas ou feiras de artesanato? Realmente não dá para perceber esse ódio aos carros. Um largo daqueles de asfalto para todos os munícipes, há munícipes que nem sabem que o largo existe. É um local residencial e sem prédios com estacionamento, as pessoas também têm direito a um parque ou pagar parquímetro para se ir trabalhar já não chega a(o) senhor(a)? Mas agora alegre-se, pertence à EMEL que decidiu pintar uns tracinhos por lá e declamar que agora aquela terra lhe pertence, qual descobridor de terras desconhecidas. Agora se quer usufruir do seu largo vai pagar à EMEL, tal e qual como qualquer munícipe. Viva a igualdade!