...

...

12/12/2014

Solução simples para as Esplanadas de Lisboa?


Na sequência do post do Miguel Carvalho, aqui se mostra outro exemplo semelhante, desta vez na cidade de Munique. Marcações pintadas no pavimento dos limites licenciados para esplanada. Em havendo vontade política, tudo se resolve de forma simples e até barata. O que tem faltado em Lisboa é muito simplesmente vontade de mudar o paradigma teimosamente e abusivamente instalado.

3 comentários:

Anónimo disse...

E quanto aos passeios (de Lisboa) onde nem sequer há espaço para porem lá mesas e cadeiras e elas aparecem às centenas?

Anónimo disse...

AH! Mas nós, portugueses, nem copiar sabemos!... Esta e muitas outras bastava copiar...

Anónimo disse...

Na nossa capital já teriam descoberto que aquelas marcas eram só para as mesas e que umas cadeiras ultrapassando as ditas marcas eram absolutamente legais...