...

...

01/12/2014

PUBLI-Cidade: Monumento ao Duque da Terceira

 Em LISBOA CAPITAL é assim que se faz restauro.
 LISBOA: Cais do Sodré / Rua do Alecrim

...e é assim em «ROMA CAPITALE» quando faz restauro de monumentos!

7 comentários:

Anónimo disse...

Apesar de tudo, é melhor restaurar tapado do que não o fazer. Era mais agradável ser possível ver o trabalho em curso, como também já se tem feito por cá. Mas, já agora, por que não se faz também o restauro do "vizinho do lado", o Marquês de Sá da Bandeira, na Praça D. Luís I, junto do Mercado da Ribeira, cuja degradação é visível há anos?
José Honorato Ferreira

Anónimo disse...

Ao menos podiam ter tentado disfarçar melhor a publicidade da Samsung que ladeia o painel romano. Fazia este post quase passar por credível.

FJorge disse...

Se ler o post «Lisboa versus Roma» aqui: http://cidadanialx.blogspot.pt/2014/11/publi-cidade-roma-versus-lisboa.html vai confirmar que o autor dos mesmos não está a tentar enganar niguém mas sim apenas a informar que em Roma a área dedicada a publicidade é muito meno, pois está controlada e tem regras claras e precisas. Obrigado.

Anónimo disse...

Viva não pude deixar de tomar nota dos comentários sobre o restauro em questão, ainda assim é melhor restaurar do que deixar ao abandono! Com relação à legislação em referência não posso comentar apenas lembrar que a cerca de 15 anos estive em Berna e a zona histórica inclusive os monumentos religiosos estavam todos cobertos com publicidade a uma marca local tudo em benefício dos mesmos. Acho bem que se restaurem estes monumentos com o dinheiro das entidades privadas que gostam e zelam pelos mesmos ajudando a as autarquias.

Anónimo disse...

Realmente fica melhor com a rede de obras, para vermos os tubos dos andaimes!
Aprovo a intervenção!

Anónimo disse...

Extraordinario. Podem fazer o mesmo a outros locais.
Usar a publicidade para recuperarmos o nosso património é uma grande ideia.

Parabéns.

Ana Martins Coelho

Anónimo disse...


Bom dia.

O meu trabalho leva-me a todo o mundo, estive ontem no local, está um trabalho interessante e profissional, dos melhores que já vi.

Orgulhosa em ser portuguesa!

Cristina dos Santos Pereira