29/06/2009

LX três semanas depois das eleições para o PE

É caso para dizer «Pela boca morre o peixe»! Aqui temos um dos mais recentes cartazes de propaganda instalado mesmo em frente a um Monumento Nacional. Neste caso a vítima é a MÃE D'ÁGUA das Amoreiras. Não fica nada bem ao actual presidente da CML dar este mau exemplo de falta de respeito pelo património classificado. É expressamente proibida a instalação de dispositivos de propaganda e publicidade em imóveis classificados e respectivas ZEP (zona especial de protecção). Este é também um dos monumentos portugueses candidato a um reconhecimento da UNESCO enquanto Património Mundial da Humanidade. Exmo. Presidente António Costa: cumpra a Lei e mande retirar este cartaz da frente da Mãe d'Água. E já agora mande abater também o ecrã de publicidade!

15 comentários:

Anónimo disse...

E o Zé, não embargou esse atentado?

Anónimo disse...

E já agora que também mande cortar a árvore que com aquilo à frente não vejo a parede.

Anónimo disse...

aquele painel de publicidade é uma aberração! e ja ia provocando vários acidentes!

Anónimo disse...

uma vergonha. e andavam preocupados com o marques de pombal...

um nojo

Anónimo disse...

Manifestamente, falta lá o IN: INCUMPRIMOS.

Anónimo disse...

V-E-R-G-O-N-H-A!!!

abrancoalmeida disse...

E já agora que também mande cortar a árvore que com aquilo à frente não vejo a parede.

E já agora, o candeeiro, que a zona já tem iluminação suficiente.

Anónimo disse...

O problema é sempre o mesmo: hoje somos contra mas amanhã porque dá jeito, já somos a favor. Pela boca morre o peixe e é bem verdade.

Anónimo disse...

Amanhã, a favor, será Vossa Excelência, que nesta terra ainda há quem tenha independência e não veja a política como reles clubismo.

Anónimo disse...

promesas... mas quem é que ainda acredita nos políticos, e em especial a variante politicus lusitanicus?

Anónimo disse...

Oh Costa! Francamente!

Anónimo disse...

Aquela intimidade do Costa com burros (e Ferraris) queria dizer alguma coisa...

Anónimo disse...

Não se trata da Freguesia de Santa Isabel, mas sim de S. Mamede; felizmente!

O Sr. Presidente da CML não respeita o património nacional.

FJorge disse...

As minhas desculpas pelo erro na identificação da freguesia.

Anónimo disse...

grande reaccionário!