NÃO PERCA:

NÃO PERCA:

11/02/2013

LIXEIRAS DE LISBOA: Freguesia da Sé







Em Lisboa, assistimos cada vez mais à deposição de lixo nas ruas de forma selvagem - a freguesia da Sé não escapa a esta preocupante tendência dos lisboetas.
 
Observamos, logo de manhã cedo, cidadãos a depositarem sacos de lixo na via pública - muitas vezes até à porta de sua casa (ver fotografia).
 
Os arruamentos da freguesia da Sé estão cronicamente sujos. Cheiram mal, há baratas, ratos e ratazanas.
 
Também não parece haver grande respeito pelos peões pois é frequente ver contentores do lixo no meio dos passeios, todo o dia.
 
A tudo isto ainda temos de acrescentar o constante vandalismo de muros e paredes com graffiti.
 
As ruas mais críticas parecem ser a Travessa de Santo António da Sé, Beco do Arco Escuro, Beco das Canastras, Rua dos Bacalhoeiros, Portas do Mar, Rua da Padaria... 

5 comentários:

Anónimo disse...

Lisboa está praticamente toda assim! E não é só nos bairros populares; na rua Carlos Mardel esse é o cenário, de noite e de dia.

Anónimo disse...

partilho a opinião, apenas discordo com o "cada vez mais". na verdade sempre aconteceu, e continuará a acontecer enquanto não houver fiscalização a sério com multas a condizer.

Paulo Nunes disse...

De facto o problema são as pessoas mas a CML também não ajuda.

Para além das recolhas irregulares, insiste em não disponibilizar contentores de lixo em zonas onde ainda tecnicamente possível principalmente quando o número de estabelecimentos de restauração cresceu sensivelmente. Depois temos a "lei do menor esforço" a imperar.

Anónimo disse...

Uma vergonha, esta cidade està cada vez pior
O que faz a CML ???

Xico205 disse...

Sai mais uma dose de censura. O prato do dia nunca esgota pelos vistos!