Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

06/11/2013

E já agora, ainda e sempre sobre a calçada


Tem piada atentar à opinião de quem nos visita:

“(…) For me, what I find inspiring is that the town planners cared enough about the overall architecture of Lisbon to impose a single style of paving throughout the whole city. And how something as simple as paving material can contribute to the grandeur of, and bring coherance to a city, while at the same time creating areas of individuality through variations in pattern. Something for us garden designers to bear in mind when creating a new garden! “ (Lisbon Street Paving) , in http://www.gardenbreeze.co.uk/blog/lisbon.html


Fonte: idem.

3 comentários:

Anónimo disse...

É enviar isto ao Dr.António Costa!

Anónimo disse...

Pois gente civilizada e com cultura, sem complexos e ou interesses escondidos nas negociatas dos novos pavimentos. Gostava de saber quem são os responsáveis ( nomes e moradas) pelas aberracções que têm sido feitas em Lisboa, ex. Rua da Esperança na Baixa, ou jardim do Adamastor, ou outras mariquices caras, muito caras (não só em termos económicos).

A calçada tem sido bárbarmente atacada e muito se poderia dizer em sua defesa, mas para os zombies deste país não vale a pena, eles até votam em criminosos alegremente, sentindo-se importantes e cumpridores do seu dever.

Este aspecto aqui referido é importante e interessante, mas para mim, o melhor da calçada é a sua parte ambiental e económica, desde que sai das nossas pedreiras até à sua recolocação vezes sem conta sempre que é preciso aceder ao subsolo. Ainda não inventaram nada melhor, mais económico, mais bonito e mais prático. É claro tem várias desvantagens é mais difícil de roubar dinheiro da obra (quando se encomenda novos pav. a empresas ....) requer mão de obra, quer para a construir, quer para a manter e isso vai contra a política mundial de
destruição de postos de trabalho, também dá muito jeito para atirar à cabeça de bandidos e quantas vezes ao ver políticos não me apeteceu fazê-lo e só por respeito à calçada não o fiz, outra desvantagem é tipico, bom para o espírito- memória/ referência e escala humana, para o albedo, tão bom que outros países andam a copiar, enfim tudo "desvantagens".

Já sabem quero nomes e moradas dos responsáveis pelas próximas inundações e destruição da nossa memória. Estes Hão-de pagar a porcaria que fizeram.

Anónimo disse...

the grass is always greener on the other side...

this reminds me something I read 10 years ago on national geographic. google is my friend here: http://news.nationalgeographic.co.uk/news/2003/10/1010_031010_worldheritage_2.html

"Winding up my exploration of Évora, I passed another street piled with cobblestones. Ernesto was out there, shabby as ever, showing a work crew how to lay authentic, World Heritage-class paving. I left Évora wishing all sites of Heritage caliber were in such good hands."