Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

08/11/2013

Luzes de Natal de Lisboa vão custar 300 mil euros


In Público Online (8.11.2013)
Por Inês Boaventura

«Câmara diz que o investimento previsto inclui, ao contrário do ano passado, a árvore de Natal da Praça do Comércio.

Na Venezuela, o Presidente decidiu antecipar o Natal para Novembro, como forma de "derrotar a amargura". Em Lisboa ainda não se chegou a esse ponto, mas as iluminações natalícias, nas quais a autarquia conta gastar cerca de 300 mil euros, já estão instaladas um pouco por toda a cidade.

No ano passado, o assunto foi polémico porque a dada altura se descobriu que o investimento da Câmara de Lisboa nos festejos natalícios não se ficava pelos 250 mil euros anunciados. Sem disso dar conhecimento aos vereadores da oposição, a autarquia contratou bens e serviços no valor de quase 230 mil euros, através de uma empresa municipal, para a execução de uma árvore de Natal no Terreiro do Paço.

Este ano, segundo o assessor de imprensa do vereador José Sá Fernandes, serão investidos cerca de 300 mil euros. À semelhança do que aconteceu em 2012, essa verba será atribuída à União de Associação do Comércio e Serviços, que ficará com a responsabilidade de concretizar a iluminação das ruas. De acordo com a autarquia, a instalação das luzes deverá estar concluída até ao fim de Novembro.

A lista de artérias abrangidas ainda não está fechada, mas inclui ruas da Baixa, a Av. da Liberdade e o Marquês de Pombal, o Chiado, as avenidas da Igreja, Roma e Guerra Junqueiro, a Praça do Chile e ruas próximas, a Rua Castilho, a Rua Ferreira Borges e a Estrada de Benfica. Também o Largo do Intendente, onde António Costa tem o seu gabinete, terá direito a iluminações natalícias.

Na Praça do Comércio haverá uma árvore de Natal, com 25 metros e na qual serão feitas projecções. O assessor de imprensa de Sá Fernandes garante que tal está incluído nos já mencionados 300 mil euros. Para o Parque Eduardo VII, acrescenta, está prevista uma "Aldeia do Natal", em parceria com outra entidade. A empresa municipal EGEAC gastará também 30 mil euros "numa programação de música em várias igrejas" e no Cinema São Jorge.»

...

Completamente de acordo com que haja SEMPRE luzes de Natal.

1 comentário:

Anónimo disse...

Iluminações no Intendente? Eheheh