Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

22/11/2013

Lisboa, Capital Europeia da Demolição: Lapa

O FACHADISMO continua a todo o vapor em Lisboa. Este é mais um imóvel que foi demolido na Lapa, na Rua do Conde. De ano para ano, Lisboa fica mais distante dos padrões europeus de reabilitação urbana. Lisboa evita a todo o custo a conservação e o restauro para se atirar cegamente à construção nova mal disfarçada de "reabilitação". A Lapa está a sofrer perdas enormes, tudo em nome de um estilo de vida de subúrbio que estamos a importar para dentro dos bairros históricos. É um verdadeiro cancro que vai acabar por não só esvaziar os bairros dos seus conteúdos patrimoniais como também vai matar as hipóteses da Lapa vir a ser no futuro um bairro saudável. Porque as lojas dos pisos térreos estão a ser substituídas por largas portas de garagem (totalmente desproporcionais e que desfiguram as fachadas!). No resto das cidades europeias isto não é permitido porque se tem perfeita consciência da importância vital dos espaços comerciais num bairro. Uma garagem é um espaço "urbanamente morto", pois nada ofereçe a um bairro - antes pelo contrário, subtrai vida, "urbanidade". Mas em Lisboa a CML continua a promover e a aplaudir estes equivocos! Será que neste caso também vamos assistir à destruição dos vãos térreos para dar lugar a mais uma mega entrada para pópós?

2 comentários:

Anónimo disse...

É como estes:

http://lisboacity.olx.pt/candeeiros-iid-444705171

Vai um candeeirozinho?

Anónimo disse...

Que tal denunciar esta situação a uma organização europeia?
Será a única forma de travar os impetos destruidores do gabinete do sr. Arq. Manuel Salgado.
Reabilitar uma cidade não se pode fazer a qualquer custo.