Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

Esteja atento às várias iniciativas em perspectiva:

14/11/2013

Séries Avenidas - 1ª Avenida da República (1)

Ruínas do Teatro Vasco Santana, Avenida da República 11/11/2013

Outro aspecto das ruínas do teatro e publicidade Optimus. Não falta a maravilhosa arte urbana. Av. da República11/11/2013

Amálgama de vários projectos de elevado gabarito. Ruínas da Avenida da República e de Entrecampos. 11/2013

Mais do mesmo. Especulação imobilária dos anos'70, '80 '90, 2013. Há coisas que nunca mudam em Lisboa. Ruínas da Av. da República 11/2013


Outro magnífico exemplo de um mau projecto, numa péssima localização. Embrutece e avilta a zona. Ruínas da Av. da República. 11/11/2013


Placa num prédio Arte-Nova à espera de cair. O sarcasmo português é comovedor . Av. da República. 11/11/13

Na mesma ruína a arte grafiteira vai a todas. janelas do 2º andar, Av. da República em ruínas, 11/11/2013

Um óptimo exemplar de janela Arte-Nova. Num deplorável estado como a a própria Avenida da República 11/11/13

Pináculo grafitado. Ruínas daquela que já foi uma das mais belas avenidas lisboetas. 11/11/2013

5 comentários:

Anónimo disse...

Provavelmente a mais feia avenida da cidade.

João disse...

Acho que o nome actual dessa Avenida diz tudo!
Por alguma razão a antiga Avenida Ressano Garcia começou a definhar a partir da implantação da República das Bananas!
Viva a Républica....

Anónimo disse...

E o povo está se marimbando!
Telefonem ao ronaldo...
A ver se ele sensibiliza os zés a assinarem uma petição.....

Nuno Castelo-Branco disse...

João, além de subscrevo aquilo que deixou em comentário - Ressano Garcia merecia o seu nome naquela artéria -, estes desastres já vêm desde há perto de sessenta anos quando por cá começaram a "inventar" na zona do marquês. Arrasaram Prémios Valmor na R. Castilho, na Duque de Loulé e no Marquês, construíram os nojentos mamarrachos esverdeados no Marquês de Pombal e foram subindo por ali acima, em direcção ao Campo Grande: mono Sheraton - péssimo, péssimo! - Hotel Eduardo VII - coitado do nosso aliado britânico! -, o prédio acordeão logo à entrada da Fontes P. de Melo, etc. Um horror. Hoje, bem vista a situação, a avenida da república faz justiça ao nome que ostenta.

Manuel Marques disse...

Está simplesmente horrorosa não só esta mas TODAS as avenidas novas. Demolição a demolição, Lisboa é cada vez uma cidade mais feia!
PS: Ainda ontem passei pelo novo edifício da PJ e pergunto-me que raio de arquitecto projecta aquilo. Não consigo perceber a aberração que é a arquitectura moderna!