13/02/2009

VÃO MAS É DE CARRINHO

In Diário de Notícias (13/2/2009)
Fernanda Câncio
Jornalista - fernanda.m.cancio@dn.pt

«No último fim de semana, com parte da Baixa fechada ao trânsito por causa da repavimentação da Rua da Prata - e como tardou -, um taxista comentava, escarninho: "Vêm aí as eleições, já começam as obras". Pode ser que o taxista tenha razão e que a equipa de António Costa, ao fim de um ano e meio a governar Lisboa, tenha só agora arrancado para a acção por motivos que se devem também ao calendário eleitoral. Mas, seja qual for o motivo, é de celebrar que finalmente haja uma empreitada para tapar buracos - e como os lisboetas, mais os saltos dos sapatos, pneus e jantes agradecem - , que se iniciem as obras para certificar o fim do despejo directo dos esgotos no Tejo (um escândalo q ue envergonha toda a gente) e, jóia da coroa no que respeita aos moradores e amantes da Baixa, entre os quais me incluo, um plano para acabar com o trânsito de atravessamento na zona. [...]»

O problema não está resolvido, cara Fernanda. Acontece que a colocação de um tapete sobre outro tapete pode resultar 1-2 anos, mas com o tempo vai esburacar e torcer facilmente e de forma mais regular do que até aqui. Deviam ter levantado tudo ... mas a CML é recorrente nesta mania de cobrir com tape sobre outro e outro tapete até que os passeios fiquem da altura de 1 cm. É sempre a opção mais fácil e mais barata, mas nem por isso perene. Que me lembre, apenas a Rua de São Bento teve uma intervenção de fundo, nos últimos anos. É pena. Compreende-se a urgência mas não é a solução ideal. No resto, 100% de acordo.

8 comentários:

Anónimo disse...

Já agora se puderem pavimentar a Rua Virgilio Correia em S.Domingos de Benfica os cidadãos agradecem...embora aproveitar.... que as eleições estão aí á porta.

Anónimo disse...

E já agora (não apenas pavimento, mas também passeios, ordenamento de esdtacionamento e plantação de árvores):
Rua Morais Soares
Campo das Cebolas
Rua do Terreiro do Trigo
Parada do Alto de S. João
Rua Sousa Viterbo e transversais(alto de s. joão)
Rua Fernando Lopes Graça (e transversais)(paço do lumiar
Azinhaga da Torre do Fato (paço do lumiar)
Estrada do Paço do Lumiar

Caso contrário podem deixar de se chamar ruas e passar a caminho de cabras

Arq. Luís Marques da silva disse...

A Pascoal de Melo também foi uma das poucas contempladas com um tapete novo.
É verdade aquilo que o Paulo refere quando diz que a colocação de tapete sobre tapete existente, não é forma correcta de proceder á repavimentação de um arruamento, até porque ochamado "tapete de betão betuminoso" deverá ser colocado directamente sobre a "camada betuminosa de regularização", não devendo ultrapassar a espessura de 0.04 a 0.06m.
Tudo o o que exceda demasiado esta espessura, provoca uma deterioração maior

Anónimo disse...

E a Rua Maria Pia? É a vergonha das vergonhas... Toda a gente que lá passa devia ter um carro novo por ano à conta da câmara.

É claro que a repavimentação devia ser feita de forma correcta, mas vejam bem o ponto a que estes anormais chegam, se pôr alcatrão para tapar buracos nas ruas de empedrado. Depois quando acham que o empedrado está esburacado o suficiente, metem uma camada de alcatrão geral, para ser mais fácil. É mais que evidente que os buracos aparecem nas primeiras horas de chuva.

São uns anormais, mas isto já é tradição...

jjleiria disse...

Álvares Cabral (?), Alexandre Herculano (?), Braamcamp (?), também, mas isso foi o Santana (?), por isso não conta... E Joaquim António Aguiar, por maioria de razões, certo?...

Julio Amorim disse...

Psssst....Caros leitores !!!!

Não se esqueçam de enviar essas listas para os serviços responsáveis!

Arq. Luís Marques da silva disse...

Outra grande asneira é a forma como é tratado o pavimento nas zonas de circulação de pesados, nomeadamente nos corredores de "BUS" e nas respectivas paragens:
A forma de pavimentar e o material a utilizar têm de ser forçosamente diferentes.
Conforme já se disse por aqui, "isto não é para quem quer; é para quem sabe".

Anónimo disse...

Na Rua Abranches Ferrão em São Domingos de Benfica tem que se escolhr os buracos mais pequenos para pôr as rodas, já que a rua é um contínuo de buracos! O problema é quando chove, os buracos estão camuflados com poças e lá se vão as jantes, suspensões e amortecedores, assim como uma banhoca aos peões!